canalização,  pleiadianos,  Sirianos

O CAMINHO DA NEUTRALIDADE


Amado,

limitações, incertezas e desafios pela frente se apresentam para que você possa mensurar o seu grau de identificação com a realidade ilusória da 3D. Quanto mais você sofre, se questiona, se aborrece e se indigna com os fatos e acontecimentos mundiais, mais você se encontra identificado com a ilusão.

Não estamos pedindo que você ignore os fatos que ocorrem a sua volta. Estamos aconselhando que você os observe, que treine o observador interno que existe em você. Ele é capaz de proporcionar os insights, as ideias, as percepções e a consciência para agir diante dos acontecimentos sem, entretanto, causar desequilíbrios físicos, energéticos, emocionais e mentais.

Desidentifique-se! Quanto menos identificado, mais você coopera para o desmoronamento da matrix, a qual seu aspecto físico está inserido e abre o caminho para a ascensão à próxima dimensão. Compreenda que seu Eu Superior, seu Eu Divino, sua Alma apenas observa atentamente o jogo de ilusões e dramas que sua faceta tridimensional está inserida.

Você se recorda como Buda (Sidharta Guatama) iluminou-se?

Ele se desidentificou do corpo, da dor, da alegria, das experiências terrenas, porém observou, experienciou e acolheu cada parte em sua mais pura essência. Ele enxergou por de trás dos véus da ilusão, dos jogos de Maya, da matrix pré-formatada a qual estava inserido fisicamente. Espiritualmente, ele elevou-se através da neutralidade. O caminho do meio ensinado por Buda é o caminho da neutralidade, o qual o julgamento, as oscilações e a dualização não existem.

Se vocÊ se libertar dos véus, você é capaz de passar por todos os desafios e acontecimentos planetários de forma fluida, flexível e pacífica. Recalculando a rota quando for preciso, sem necessariamente abrir mão das experiências que sua Alma impulsiona você a viver.

Você é amado e apoiado!

Bênçãos cósmicas,

Os Pleiadianos e Os Sirianos.

(Canalizado em 27/01/2021 por Rosana Kalil)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *