artigo

Os Enigmas de Gaia

“Compreender a Terra e os segredos que dentro dela repousam envolve o domínio dos enigmas dentro de vocês mesmos, especialmente as partes que estão ocultas nas raízes de seu eu subconsciente”.

Barbara Marciniak

Por mais que a existência na densidade física seja desafiadora, estar encarnado na Terra é um benevolente presente. A grandiosidade, riqueza e profundidade das experiências vividas aqui são inigualáveis e geram como consequência muitas oportunidades de aprendizado e evolução.

Como sementes estelares, muitos de nós não se sentem conectados ao Planeta Terra e são impactados mesmo que inconscientemente por esta desconexão. Sentimento de que algo falta, incapacidade momentânea de manifestar seus sonhos no plano físico, problemas físicos e psicológicos, barreiras na caminhada espiritual, entre outras situações.

Há algum tempo ouvi o prof. Laércio Fonseca dizer: “Antes de querer caminhar sobre as estrelas, você precisa aprender a caminhar sobre a terra”. Essa frase ressoou muito forte em uma ferida minha, que eu nem sequer tinha consciência. Eu vivia uma enorme desconexão com o planeta e não tinha noção da importância de honrar e me conectar à Gaia. Permitia me render às belezas naturais, mas toda a conexão era apenas estabelecida a nível físico e superficialmente. Quando tomei consciência da importância de honrar e me conectar energeticamente tanto com plano físico quanto aos planos mais sutis de Gaia, pude sentir e integrar uma parte da grandiosidade e sabedoria desta consciência que é o espírito do Planeta Terra.

Conforme vamos caminhando na jornada espiritual e humana, devemos ressignificar nossa relação com o planeta e descobrir que além de tudo, ele é uma grande biblioteca universal. Foi semeado por muitas linhagens estelares, tem uma diversidade gigantesca de seres que amorosamente decidiram compor um rico, belo e deslumbrante mosaico vivo, além de códigos/informações energéticas universais. Todos os seres e locais presentes na Terra carregam fragmentos da história do Universo.

Por isso, se quisermos conhecer mais sobre as estrelas, precisamos nos abrir para conhecer mais sobre a Terra. Sem as chaves que a Terra é guardiã, não é possível alcançarmos novos níveis de evolução. Se estamos aqui encarnados é porque necessitamos destas chaves para seguirmos nossa jornada espiritual, seja aqui novamente ou em algum outro lugar do cosmos.

É fato que todo Curador Estelar em algum momento se transforma em Curador Planetário, faz parte do processo. Não é possível curarmos nossas feridas humanas sem incluir a cura à Gaia. Estamos inerentemente conectados. É necessário que nos rendamos ao acolhimento amoroso deste Planeta para alçarmos novos e mais altos voos.

Por Rosana Kalil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *